Coceira intensa no couro cabeludo pode ser sinal de uma alergia. Geralmente, a reação é provocada por produtos cosméticos, químicos e até mesmo a exposição ao sol. Veja quais são os principais sintomas, causas e tratamento.

Sintomas de alergia no couro cabeludo

Não só a dermatite seborreica causa coceira intensa na cabeça. Esse também é o principal sintoma da alergia no couro cabeludo. Veja que outros sinais estão associados a essa reação alérgica:

  • Coceira intensa
  • Vermelhidão
  • Descamação
  • Sensibilidade na região
  • Bolhas
  • Queimação

Em casos mais raros, a alergia a algum produto pode iniciar no couro cabeludo, mas refletir também em outras partes do corpo, com inchaço nos lábios pálpebras e mãos.

Em casos extremos, há reação anafilática, com início súbito e evolução rápida, sendo potencialmente fatal. Os sintomas podem aparecer imediatamente ou até 48 horas depois do contato com o alérgeno.

Além disso, a alergia pode não aparecer na primeira vez em que é usado o produto, mas sim com o passar do tempo.

Causas da alergia no couro cabeludo

De acordo com dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI) , os cosméticos estão entre as maiores causas desse tipo de alergia. A principal relação é com a tintura de cabelo ou tonalizantes.

Isso acontece porque o componente químico da tintura com maior probabilidade de causar alergias, o para-fenilenodiamina (PPD), é encontrado em quase 70% dos produtos fabricados atualmente para tingimento capilar.

Além disso, algumas substâncias podem ser mais reativas quando expostas à luz solar.

Tratamento

Antes de mais nada, se você já tem predisposição a alergias, é bom consultar o médico alergista antes de começar a tingir o cabelo. Ele poderá indicar os produtos mais adequadas para o uso.

Se já apresenta sintomas, ele poderá fazer o diagnóstico e confirmar se realmente se trata de uma alergia no couro cabeludo. Geralmente, o tratamento envolve o uso de produtos com corticoide na sua composição como hidrocortisona ou betametasona.

Remédios anti-histamínicos de ação sistêmica também podem ser indicados, além de cremes e pomadas calmantes.

Entre em contato e agende um horário.

Acompanhe mais notícias sobre alergias, doenças e tratamentos.

Confira também conteúdos no nosso Instagram!

WhatsApp chat